Terça-feira, 7 de Dezembro de 2004

Anoitecer - (Florbela Espanca)

anoitecer_.jpgFoto de João Quintela



.


A luz desmaia num fulgor d'aurora,


Diz-nos adeus religiosamente...


E eu que não creio em nada, sou mais crente


Do que em menina, um dia, o fui...outr'ora...


.


Não sei o que em mim ri, o que em mim chora,


Tenho bênçãos d'amor pra toda a gente!


E a minha alma sombria e penitente


Soluça no infinito desta hora...


.


Horas tristes que são o meu rosário...


Ó minha cruz de tão pesado lenho!


Ó meu áspero e intérmino Calvário!


.


E a esta hora tudo em mim revive:


Saudades de saudades que não tenho...


Sonhos que são os sonhos dos que eu tive...



publicado por Lumife às 12:41

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. ...

. ...

. Das utopias

. ...

.

.

.

.

.

.arquivos

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds